Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Dezembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
1
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
 
 
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > O Projecto > Espécies
imprimir

Espécies
As espécies alvo do projecto são as comunidades de aves marinhas nidificantes nos Açores, nomeadamente as pardelas e painhos.

Cagarro Calonectris diomedea

O Cagarro é a maior e uma das mais abundantes Pardelas nidificantes no Atlântico Norte e 60% da sua população mundial nidifica nas ilhas dos Açores.

É uma ave marinha, essencialmente pelágica, que tolera ventos fortes e águas agitadas, passando a grande maioria da sua vida no mar e só vindo a terra uma vez por ano na altura da nidificação.

Nidifica em fendas rochosas de falésias, em cavidades naturais do solo ou em buracos escavados no solo.




Estapagado Puffinus puffinus

Ave semelhante a uma pequena Cagarra mais escura e com o bico preto. Nos Açores, a nidificação está restrita a alguns casais no Corvo e nas Flores. As suas colónias de nidificação situam-se em locais escarpados e inacessíveis, por causa dos predadores terrestres como ratos e gatos. 

Os juvenis deixam os ninhos em Agosto, altura em que podem ser encontrados caídos na Vila, encadeados pelas luzes artificiais.




Freira do Bugio Pterodroma feae

Pequena ave pelágica que apenas nidifica nas Ilhas Desertas no arquipélago da Madeira. Alguns autores consideram a população das Desertas uma espécie diferente com apenas de 180 casais em todo o mundo.

Já foi capturada uma ave desta espécie no Corvo, considerando-se como possível a sua nidificação.







Frulho Puffinus assimilis

A mais pequena das pardelas do Atlântico Norte. O Frulho nidifica na maioria das ilhas dos Açores, e permanece próximo das suas áreas de reprodução durante quase todo o ano.

Algumas aves são por vezes encontradas no solo no Corvo, na altura da saída dos juvenis dos ninhos, em Maio.







Painho da Madeira Oceanodroma castro | Painho de Monteiro Oceanodroma monteiroi

As populações de Painhos existentes nos Açores foram recentemente reconhecidas como duas espécies distintas. A população de Inverno denominada Painho da Madeira Oceanodroma castro e a população de Verão como Painho de Monteiro Oceanodroma monteiroi.

Esta ultima espécie está globalmente ameaçada e é endémica dos Açores. Actualmente apenas se conhecem 250 casais nidificantes na ilha da Graciosa e suspeita-se da sua possível nidificação no Corvo e Flores.




  • Para mais informações sobre espécies de aves marinhas consulte esta página




voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com