Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

Novembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
1
3
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
27
28
29
30
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > 
imprimir
Notícias


Plantas endémicas alvo de estudo na ilha do Corvo


A SPEA está a colaborar com a Universidade dos Açores na recolha de amostras de plantas endémicas dos Açores no Corvo (através do estagiário do Programa Eurodisseia, Sérgio Marín que se encontra a colaborar na implementação do Plano de Ação dos Pós-Projecto LIFE "Ilhas Santuário para as Aves Marinhas"), nomeadamente, a Euphrasia azorica e as não-me-esqueças (Myosotis maritimaMyosotis azorica) espécies protegidas pela Convenção de Berna e pela Directiva Habitats, e inclusive endémicas do Grupo Ocidental, caso da M. azorica com uma distribuição e abundância extremamente pequena.


Não-me-esqueças Myosotis azorica
Foto: T.Pipa 

A recolha de Myosotis é realizada com o intuito de estudar a genética de populações, pois ainda não existe informação sobre a variabilidade genética populacional destas plantas, o que é fundamental para a sua conservação. Recolhemos assim folhas (guardadas em sílica-gel para retirar a humidade e possibilitar a sua conservação) para analisar em laboratório na Universidade dos Açores.


No caso da E. azorica o objectivo é estabelecer um protocolo de germinação para a espécie e para isso precisamos saber se a espécie necessita de hospedeiros para germinar. Assim, foram feitas prospecções para encontrar as populações e foram recolhidas sementes de vários indivíduos das populações mais acessíveis, uma vez que esta tem como habitat preferencial falésias inacessíveis. As sementes serão posteriormente enviadas para a Universidade dos Açores que tentará a sua germinação em estufa sob condições controladas.


Recolha de sementes de Euphrasia azorica

Foto: T.Pipa 

Os trabalhos foram realizados no âmbito da licença 63/2017/DRA e em colaboração com o Parque Natural de ilha.



voltar


Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com